Margem
bebes.comes 19/06/2018

Quinta dos Murças / Margem

Tinto Douro 2016
13,5% Vol.

“Milagres não vou prometer
No vai-e-vem de te entender
Mas se o amor é sério
Leva-me a dançar primeiro”

Joana Espadinha

Pode não parecer, mas neste projecto em que nos lançámos, continuamos mais à MARGEM do que nunca.

Porque no fundo… tem tudo a ver com a VIAGEM!

Apanhem boleia connosco, até uma das mais bonitas zonas da Costa Portuguesa…

Praias de areal extenso, areia branca e fina, encostas resguardadas por dunas e pinhais.
Escarpas abruptas, onde a Serra da Boa Viagem se atira ao mar, e a beleza desse encontro não deixa ninguém indiferente.


Para os Românticos e Famílias:
Aconselhamos o passeio pela Serra da Boa Viagem, na direcção de Quiaios até à Figueira da Foz.


Para os Bravos:
A vertiginosa estrada do Cabo Mondego…. que liga a Praia de Quiaios à Figueira da Foz. Nós fazemo-lo desde sempre, desde miúdos, muito antes de nos conhecermos.

E voltamos várias vezes, como românticos e saudosistas que somos.

Cada vez mais com a certeza, de que não interessa tanto os locais que visitamos, mas as histórias que vivemos!

E hoje as aventuras são outras.

De alma lavada, tomamos o caminho de casa. Felizes por ser este o nosso destino. Deixamos a inspiração “à boleia” de um vinho produzido na margem direita do rio Douro.

O Margem é a expressão do calor e concentração das vinhas junto ao rio, onde se encontram algumas das parcelas mais velhas da Quinta dos Murças.

Uma Quinta histórica onde, em 1947, foi plantada a primeira vinha vertical do Douro, e que se caracteriza pela diversidade dos seus oito terroirs, marcados por diferentes altitudes, exposições solares, solos xistosos, vinhas verticais e pela extensão de 3,2km de margem de rio.

Um bom “regresso” aos vinhos tintos, dos quais temos andado um pouco alheados.

Resultou na perfeição com uma altura do ano em que o calor teimava a aparecer, e já estavamos a dar sinais de fraqueza…

Delicioso e elegante, rico em aromas de frutos pretos e notas suaves de especiarias, na boca os taninos são maduros, tem um bom corpo e uma boa acidez, a prever uma generosa capacidade de guarda.

Nada como um belo vinho e um bom passeio para recuperar energias!

INFORMAÇÃO TÉCNICA:

Notas de Prova
Cor: profunda, com laivos violeta
Aroma: frutos pretos maduros, balsâmicos e notas suaves de especiarias, provenientes do estágio em madeira usada
Sabor: boa acidez, corpo e frescura
Final de Prova: longo e persistente

Castas
Vinhas velhas de Touriga Nacional e Touriga Franca

Enólogos
David Baverstock e José Luís Moreira da Silva

Produtor
Esporão

www.esporao.com/quinta-dos-murcas

Preço: 28,00€


Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *