Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Tasca das Tias
bebes.comes 23/05/2018

Depois de termos marcado viagem para a Ilha Terceira, começámos a nossa pesquisa sobre o que gostaríamos de visitar… mas essencialmente sobre a comida e os melhores restaurantes da Ilha.

Queríamos aproveitar a nossa estadia ao máximo para provar tudo!

(Devíamo-nos ter pesado… à chegada e à partida… porque comemos maravilhosamente bem nestes dias!)

Mas os nossos gostos nem sempre são iguais aos gostos dos outros, e por isso é grande a margem de erro. Sobre a Tasca das Tias, tinhamos dúvidas se seria um restaurante mesmo bom ou apenas ‘fogo de internet‘.

A conversa com um local que conhecemos no avião foi esclarecedora, segundo ele era mesmo o sítio ideal para jantarmos naquele Sábado à noite, e aproveitar a animação nocturna do centro histórico de Angra do Heroísmo.

Foi assim que, pouco tempo depois de aterrarmos, já estavamos a comer a nossa primeira Alcatra Regional na Tasca das Tias.

A Alcatra é um prato típico e emblemático da cozinha terceirense.

Servida num alguidar de barro local e cozida em forno de lenha, brilham como principais ingredientes a carne, as especiarias e o vinho dos Açores. O único acompanhamento é o pão ou massa sovada, uma espécie de pão doce que se vai embebendo no molho.

Longe de ser a Alcatra mais famosa da Ilha, foi para nós a favorita, pela simplicidade dos seus temperos.

Aliás, o excesso de temperos foi para nós um problema durante estes dias…

Nos Açores, as especiarias, a massa de pimentão, o alho e a manteiga, constituem os principais elementos do tempero, e se por exemplo adoramos a canela e a noz moscada, já o excesso de molho de manteiga, alho e pimenta agrada-nos pouco…

Voltando à Tasca das Tias.

Foi não só cenário da primeira, mas também da nossa última refeição na Ilha Terceira, porque voltámos para um almoço digno de despedida!

Nesta “tasca” moderna, saltam à vista as belas fotografias das figuras que fizeram a história da cidade de Angra do Heroísmo.

O espaço é acolhedor e o atendimento muito simpático, o que é aliás uma constante em toda a Ilha.

A ementa divide-se entre os petiscos e os pratos principais, mas para o nosso último repasto na Ilha privilegiámos as especialidades de carne.

. Bolinhas de Alheira com mostarda.
. Miolo de Alcatra com Batata às Tias, e uma deliciosa salada de tomate.
. Rosbife de Filet Mignon, que pedimos servido só com batata doce.

A acompanhar, um Verdelho da Ilha, o Magma 2016 que trouxemos dos Biscoitos.

Não poderíamos ter escolhido melhor, a carne e os acompanhamentos estavam perfeitos!

Resultado de uma receita muito simples… bom produto e boa confecção.

Para a sobremesa, escolhemos Ananás de São Miguel e Dona Amélia. O nosso país é rico em maravilhosas receitas de doces!

As Queijadas Dona Amélia são um doce conventual terceirense, cuja receita original remonta a 1901 por altura da visita Régia da Rainha D. Amélia e do Rei D. Carlos à Ilha Terceira.

Também nos doces açorianos brilham as especiarias, e os principais ingredientes da Dona Amélia são a canela, os ovos, o mel de cana, as passas, a noz moscada e o açúcar.

Na Tasca das Tias é apresentada em forma da tarte, e mais uma vez foi a nossa favorita de todas as que comemos na Ilha.

E como nos despedimos com saudades… com a certeza de que tão cedo não voltaremos a comer estes petiscos.


Tasca das Tias

Rua de São João 117, 9700-182 Angra do Heroísmo, Ilha Terceira – Açores, Portugal

www.facebook.com/Tasca-das-Tias

COORDENADAS GPS: N 38° 39′ 19.502” W 27° 13′ 10.252”

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *