Fake Famous
Bebes.Comes 01/04/2021

Quinta de Cidrô / Gewürztraminer

Branco Douro 2020
13% Vol.

“Se queres ser único afasta-te da multidão.”

Este foi o 1º ano em que não comemorámos o aniversário do nosso blog (em Janeiro). Básicamente deixámos passar a data sem grande disposição para arranjar um bolo e outras “brincadeiras“, como sempre gostámos de fazer e tanto prazer nos deu noutras alturas.

Muito menos tínhamos “disposição” para preparar um cenário totalmente falso. Que é muito do que vemos online…


banners a piscar e um feed infinito de vida falsa… no mundo em geral.


É o “encher chouriços“, mesmo sem nada de novo para contar, para fins publicitários ou de autopromoção. As mesmas “novidades“, nos mesmos dias, em páginas diferentes. Só assim, uma chapa.

Não que nos choque ou que achemos “desonesto“, mas perde o interesse, a legitimidade, e o efeito WOW. Se não temos nada de novo para contar, não temos nada de novo para contar.

Porque é a autenticidade que nos torna únicos, e nos permite criar um lugar que não pode ser ocupado por mais ninguém.

Numa altura, em que as interacções das páginas de facebook são cada vez mais reduzidas, e comunicamos preferencialmente pelo instagram (também este muito limitado e limitativo)…

Assistimos ao documentário da HBO “Fake Famous“, uma experiência surreal que expõe as várias formas que uma “pessoa normal” tem de ficar famosa nas redes sociais, ou como um influenciador pode levar uma vida falsa.

A revelação de que os likes são provenientes de bots, perfis falsos pagos para fazer volume e servirem de fachada. Contudo, os números, mesmo que falsos, atraem as mais diversas marcas em busca de propaganda.

Já todos caímos nessa armadilha, e nos deixámos seduzir pelos números, não vamos negá-lo. Mas passou.


Menos é mais, em tudo na nossa forma de estar.


Que queremos partilhar com quem realmente se identifica. E por esse motivo fez-nos pensar… mesmo que não comemorado, o aniversário do nosso blog deve ser assinalado!

Em modo slow content, deixamos que entrem em nossa casa e mostramos um pouco do que temos feito por estes dias, como “matamos” o tempo e carregamos as baterias.

O nosso homestyling e a fuga ao excesso de informação.

No início de 2020 decidimos investir um pouco na nossa casa e foi a melhor decisão que tomámos, uma vez que é onde temos passado a maior parte do tempo. Entretanto procuramos alimentar a alma com boas revistas, boa tv, bom streaming, e vinhos que nos “confortem“.


Este Quinta de Cidrô Gewürztraminer não nos foi enviado como amostra nem anda pelas “bocas do mundo“, simplesmente apeteceu-nos comprar no supermercado.


Bateram saudades de outros tempos. Divertiu-nos recordar a primeira vez, a estranheza pela casta com um nome que não conseguíamos pronunciar (e que na verdade ainda hoje é um desafio!).

A Quinta de Cidrô, situada em São João da Pesqueira, é uma das mais conhecidas zonas de produção de vinhos do Douro e transformou-se, nos últimos 20 anos, num modelo de experimentação vitivinícola para toda a região. Um dos sítios que mais gozo nos deu visitar como podem ver aqui.

É pioneira na arte de plantação de vinha ao alto, como também na plantação de algumas das melhores castas estrangeiras, que convivem em harmonia com as castas da região.

Alvarinho, Chardonnay, Sauvignon Blanc, Gewürztraminer, Pinot Noir e Cabernet Sauvignon, são algumas das variedades que manifestam aqui as suas melhores características, quando combinadas com a capacidade enológica e tecnologia de ponta disponibilizada pela Real Companhia Velha, ao longo de uma área que excede os 150 hectares.

O Quinta de Cidrô Gewürztraminer é um vinho original, que foge a estilos e convenções, e desperta a nossa curiosidade.

As características da casta em termos de aroma e sabor são bem evidentes, mas ao mesmo tempo a Gewürztraminer deixa-se aqui transformar pelo carácter da região do Douro, e que é bem perceptível na estrutura, mineralidade e acidez deste vinho.

O nariz é dominado pelos aromas florais de líchias e rosas, típicos desta casta, acompanhados por nuances citrinas e de fruta tropical, na boca é um vinho equilibrado, com uma agradável acidez e uma delicada secura a marcarem o conjunto.


Acompanhou uma perfeita viagem, do sofá para a mesa!


INFORMAÇÃO TÉCNICA:

Notas de Prova
Cor: amarela brilhante
Aroma: líchia e rosas
Sabor: frutado e limonado, equilibrado e com acidez q.b.
Final de Prova: médio e seco

Castas
Gewürztraminer

Produtor
Real Companhia Velha

www.realcompanhiavelha.pt

Preço: 14,00€

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

error: Alert: Content is protected !!