antónio maçanita

29/03/2019
Pico Wines premium
Ilha do Pico – Terroir Vulcânico / Arinto dos Açores Branco Pico 2017 13% Vol. Desde o início do blog que o nosso foco esteve sempre nos vinhos portugueses. Conhecê-los e divulgá-los. É o que nos move. E enquanto se criticam linhas editoriais assentes nas mesmas escolhas, na blogosfera criam-se novos conteúdos todos os dias, […]
premium
27/12/2018
Mesa Tradição premium
Arrepiado / Tradição Tinto Alentejo 2014 15% Vol. Por estes dias recebem-se amigos e família. Luzes, música, acção! A mesa está posta. E é altura para conviver e provar de tudo. Ser um bom anfitrião parte em primeiro lugar da nossa vontade em receber, o resto é uma arte que se refina com o tempo… […]
premium
30/08/2017
Princesa do Alentejo premium
Dez Tostões Branco Alentejo 2016 13,5% Vol. Entre a Rua de Fora e a Travessa da Esperança, está tudo incluído neste nosso resort chamado Vila Viçosa. Sonhamos um dia assentar por aqui… Mas enquanto não é possível, aparecemos de visita e vamos conhecendo cada canto e esquina daquela que é conhecida como a “Princesa do […]
premium
21/05/2017
Pinceladas premium
Arrepiado / Petit Verdot – Unoaked Tinto Alentejo 2015 14,5% Vol. Memória Curta. Ou a Vantagem do Esquecimento. Porque dizem ser na repetição da desgraça que assimilamos certas verdades. E esta semana, não temos mais que algo tão comezinho para vos contar quanto isto: Há três anos o Pedro pintou as paredes do nosso quarto. Jurou […]
premium
02/09/2016
It Girls premium
Herdade do Arrepiado Velho / Verdelho Branco Alentejo 2015 13,5% Vol. Existe um alentejo 100% cool e indie, que para além da sua História e bem receber, traduz um novo estado cultural. Os seus intervenientes ditam as tendências… do Alentejo para o mundo. “It Girl” – expressão utilizada para designar jovem mulher bonita e com […]
premium
04/10/2015
Regresso às Aulas premium
Cem Reis Branco Alentejo 2008 14% Vol. Há quem adore esta altura do ano… o regresso às aulas, o encadernar os livros escolares, a folha que cai, os tons e os sabores. E depois há quem, como nós, ache deprimente… … mas quem é que pode gostar dos dias cada vez mais curtos?! Não teremos outro […]
premium