Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Partimos a Pedra
bebes.comes 13/05/2018

Magma

Branco Biscoitos 2016
12,5% Vol.

“E se o vento empurrar
Nossas velas de algodão
Deixemo-nos levar
Acertando a direção”

Tiago Bettencourt

Fomos aos Biscoitos.

E voltámos. Trouxemos imagens maravilhosas deste cantinho especial dos Açores, que não mais vamos esquecer.

Acabadas as férias, trauteamos esta música que nos inspira a ‘partir pedra‘.

Como plantar uma vinha na zona dos Biscoitos, na Ilha Terceira, que é uma tarefa dura e dispendiosa.

Primeiro, é necessário erguer os muros.

As curraletas: muros de pedra solta que formam pequenos quadrados ou círculos para proteger as videiras das intempéries e dos ventos marítimos.

Depois, encontrar no meio desta terra queimada e de lavas provenientes das erupções vulcânicas, o local ideal para enterrar as raizes das videiras. A seguir, os desígnios de uma natureza agreste tomam conta da história.

Mas, se vale a pena!

Os brancos dos Açores são de uma originalidade única, pela sua acidez, mineralidade e salinidade.

As castas com mais expressão são o Arinto e o Verdelho. À medida que têm vindo a afinar o seu tom, despertam cada vez mais interesse nos apreciadores de vinho que procuram autenticidade e diversidade.


Vinhos Magma

Em 2009, o viticultor Nuno Costa desafiou o seu amigo e enólogo Diogo Lopes para uma visita.

Diogo acabou rendido ao terroir único dos Biscoitos… às “vinhas plantadas entre os muros de pedra vulcânica – as tais curraletas – e a atenção que cada produtor coloca na viticultura, ora para abrigar a vinha, ora para expô-la à maturação”, segundo palavras do próprio no seu blog.

Depois de provar alguns vinhos da casta Verdelho, desafiou o Mestre Anselmo Mendes, e começaram a produzir vinho na Ilha, nascendo aqui a história dos Vinhos Magma.

Vinhos da casta Verdelho, plantada em pedras vulcânicas e nascida no magma, praticamente em cima do mar.

Em 2011 estabeleceram uma parceria com a Adega Cooperativa dos Biscoitos, interrompida em 2013 por motivos vários, mas que foi recuperada logo que possível passando a assumir a produção e a comercialização dos vinhos dos cerca de 60 sócios da cooperativa.

Entretanto, os vinhos Magma e o Muros de Magma já lançados, ambos da casta Verdelho, desapareceram num ápice.

São, no entanto, muitas as dificuldades que enfrentam, como a pouca produção, da qual só uma pequena parte pode levar o selo DOP (Denominação de Origem Protegida), e o facto de a plantação de novas vinhas ser muito residual e ameaçada pelo avanço da construção imobiliária.

O objectivo deste projecto passa por motivar a produção e a replantação das vinhas que entretanto se perderam, recuperando os Biscoitos e a sua área de Denominação de Origem Controlada, dando expressão a estes vinhos que se caracterizam por ser dos mais originais do mundo.

Conhecer as vinhas dos Biscoitos era há muito um desejo nosso, que se concretizou numa data bastante especial.

Nuno Costa, responsável pelas vinhas do projecto Magma, guiou-nos neste dia pela história dos Vinhos Vulcânicos da Ilha Terceira.

O momento UAU do ano, em que tivemos a possibilidade de abrir uma garrafa da nova colheita de Magma Verdelho, arrebatados com toda a beleza do seu terroir.

No ar, cheira a canela e batata doce.

No copo, o extraordinário potencial da casta Verdelho.

Embora ainda austero nos aromas, revela notas salinas e minerais, e a frescura que a proximidade ao mar lhe confere. O paladar é equilibrado e elegante, com boa acidez e bom corpo.

Despedimo-nos com esta expressão atlântica diferenciadora, e a certeza de que as melhores histórias e os melhores vinhos continuam a ser os vividos! Bem para longe da razão.

INFORMAÇÃO TÉCNICA:

Notas de Prova
Cor: amarelo citrino
Aroma: mineral
Sabor: bom corpo e acidez, com ligeira untuosidade
Final de Prova: persistente

Castas
Verdelho

Enologia
Anselmo Mendes e Diogo Lopes

Viticultura
Nuno Costa

Produtor
Adega Cooperativa dos Biscoitos

Preço: 17,50€


Adega Cooperativa dos Biscoitos

Caminho Vinhas do Mar, 9760-070 Biscoitos, Açores – Portugal

www.facebook.com/adegacbiscoitos

COORDENADAS GPS: N 38° 47′ 57.283” W 27° 14′ 46.618”

Nota: Os Biscoitos estão localizados geográficamente no lado Norte da Ilha Terceira, nos Açores.

No Séc. XVI, o vinho dos Biscoitos assumiu uma importância notável ao abastecer as Caravelas da Rota das Índias e das Especiarias.

Entre os produtos fornecidos ao abastecimento das armadas, figurava o vinho Verdelho. A Adega Cooperativa dos Biscoitos foi fundada no ano de 1999.


1 Comentários

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

%d bloggers like this: